5 dicas para automatizar tarefas no Mac

Macworld / EUA
26/08/2010 - 16h54 - Atualizada em 26/08/2010 - 16h56
Software Automator, muitas vezes esquecido pela maioria dos usuários, pode ser mais útil do que se imagina

Notícias Relacionadas

O Automator, programa integrado de automação da Apple (em Aplicativos) é capaz de grande feitos, mesmo que a maioria das pessoas simplesmente ignore o software – acreditando que a rotina de trabalho não seria beneficiada com essa automação ou que o ele é muito difícil de usar.  Nenhum desses casos é verdadeiro, e isso pode ser confirmado a partir destas dicas para a versão do Snow Leopard:

 1.  Acesse arquivos de mídia de qualquer lugar
Se o usuário passa muito tempo em aplicativos como o iLife e iWork, provavelmente está acostumado a ter os arquivos de mídia próximos e a partir do Media Browser – um painel que exibe conteúdos como vídeos, fotos e bibliotecas do iTunes para que sejam facilmente encontrados e usados em outros projetos.

Ainda assim, quando o usuário precisa acessar esse conteúdo com um aplicativo diferente, geralmente é necessário abrir a pasta Filmes, o iPhoto ou o iTunes para fazer isso, porque o painel está ausente. Mas não precisa ser assim, já que uma coleção de serviços do Automator deixa o Media Browser disponível em qualquer lugar. 

automator01.jpg

Gosta do Media Browser do iLife ou iWork? Baixe um fluxo de trabalho do Automator e acesse seus arquivos de qualquer lugar

Acesse o site do Mac OS X Automation e baixe o Media Picker Services collection. Depois de instalado, o usuário descobre que o menu Services – encontrado em todos os aplicativos do Snow Leopard em Application Name, Services – inclui três novas entradas: Browse iTunes Library, Browse Movie Library e Browse Photo Library. Escolha aquele mais apropriado e a janela de Media Browser aparece, contendo os arquivos multimídia. Basta selecionar o arquivo e arrastá-lo até o documento. 

2. Ouça seus documentos
O Snow Leopard inclui outro recurso muito prático do Automator que permite ao usuário levar os documentos em formato de áudio. Isso é ótimo tanto para aqueles que têm uma vida mais agitada ou para deficientes visuais acessarem documentos de texto. Para realizar esse processo, vá nas Preferências do Sistema e na aba Keyboard Shortcuts, selecione Services na primeira coluna da janela. Role a página para baixo até Text e habilite a opção Add To iTunes As A Spoken Track; caso isso seja usado com mais frequência, basta pressionar Return para adicionar um atalho de teclado ao serviço. 

 Agora abra o documento que será salvo em áudio; selecione todo o texto, vá em Services no menu do aplicativo (por exemplo, BBEdit > Services) e então escolha o comando Add To iTunes As A Spoken Track. Um processo no Automator é excelente para usar a ferramenta integrada de texto-para-voz do OS X para converter o texto para áudio e então salvar o resultado no iTunes. O arquivo pode ser encontrado na nova playlist Spoken Text com o nome Text To Speech.

3. Fluxos de trabalho programados através do iCal
Ao executar o Automator do Snow Leopard, a folha para fluxos de trabalho que aparece contém uma lista de templates, entre eles o iCal Alarm template, que merece atenção especial. A partir dele, é possível criar fluxos de trabalho muito úteis, que são programados com data e hora. 

 

automator02.jpg

Use o template do iCal Alarm no Automator para criar fluxos, que são programados com data e hora para funcionarem 

Por exemplo, para fazer backup de um arquivo de uma pasta Current Projects no computador para outra pasta (em um outro disco, por exemplo), selecione o template do iCal Alarm e crie uma lista de ações que inclua Get Specific Itens, Get Folder Contents e Copy Finder Items (clique em Files & Folder para revelar esses itens na coluna Actions).

Arraste a pasta Current Projects para a ação Get Specified Finder Itens e o Automator interpreta que essa é a pasta fonte. Deixe  o Get Folder Contents como está e arraste a pasta de destino, que pode ser chamada de Backup, para a ação Copy Finder Items. Se o usuário clicar no botão Run, todos os itens que foram colocados na pasta Current Projects são copiados para a pasta Backup; caso o usuário queira que os arquivos antigos com o mesmo nome sejam substituídos pelos novos, é só habilitar a opção Replacing Existing Files na ação Copy Finder Items.

Ao salvar o fluxo de trabalho, será preciso nomeá-lo. Faça isso, clique em Save e o iCal vai ser aberto com a janela de edição do Backup event em primeiro plano. Dentro dessa janela é possível criar um alarme repetitivo – que é desligado uma vez por dia  às 18h, por exemplo – e cópias do conteúdo da pasta Current Projects para o arquivo Backup. 

4. Opte por um slideshow automático
Há também um plugin do Image Capture que permite algumas coisas bem legais. No iPhone, por exemplo, crie um álbum (File, New Album) chamado Fotos do Dia. Abra o Automator, crie um novo fluxo de trabalho, escolha o template Image Capture Plugin. Clique no item Photos na coluna Library e crie um fluxo de trabalho que contenha os seguintes passos: Review Photos, Import Files into iPhoto, Get Selected iPhoto tems, Play iPhoto Slideshow. 

Em Import Files na ação do iPhoto, escolha o álbum Fotos do Dia como destino para as imagens e em Get Selected iPhoto Items, escolha Albums no menu pop-up do Get Selected (isso faz com que a ação seja nomeada Get Selected iPhoto Albums). Salve o fluxo de trabalho (File,Save) com o nome Review e Slideshow. 

automator03.jpg

Com o plugin do Image Capture, o Automator coleta as imagens tiradas com a câmera e produz um slide show para o usuário escolher quais serão transferidas

Agora conecte a câmera no Mac (pode ser o próprio iPhone), abra o Image Capture (em Applications) e do menu Import To na base da tela escolha o fluxo de trabalho Review e Slideshow. Selecione algumas imagens e clique no botão Import.

Uma janela do Image Review vai aparecer e exibir a primeira imagem – entre outras coisas – juntamente com os botões Reject e Approve. Clique nos botões apropriados  e continue revisando as imagens. Ao terminar de revê-las, o iPhoto abre, adiciona as imagens aprovadas ao álbum Fotos do Dia e por fim exibe um slideshow das fotos que passaram.

5. Extraia textos de PDFs
Para aqueles que ainda não encontraram uma maneira prática de extrair o texto de arquivos em PDF, o Automator é a solução. Crie um novo fluxo de trabalho no Automator e, na folha de templates, escolha Application. Crie um fluxo que contenha essas ações: Get Selected Finder Igems (no Files &Folders, na coluna Library) e Extract PDF Text (em PDFs, na coluna Library). Na ação Extract PDF Text, escolha Rich Text como opção para output (“saída”), pois o texto ficará melhor dessa maneira, além de selecionar um destino para o output – uma pasta chamada texto PDF, por exemplo – no menu pop-up Save Output. 

Agora salve a aplicação do Automator no Desktop. Quando o usuário precisar converter um arquivo PDF, bastará arrastá-lo para cima da aplicação do Automator que foi criada. Em pouco tempo, o Automator extrairá todo o texto do documento e irá inseri-lo em um novo documento de texto dentro da pasta destino; o texto terá que ser limpo, pois alguns caracteres estranhos podem aparecer, além das questões de formatação.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil