Prompt integra a linha de comando ao iOS

Dan Moren, Macworld EUA
20 de maio de 2014 às 07h00
App é a melhor escolha para quem precisa acessar remotamente um servidor via SSH sem deixar o conforto de seu iPhone ou iPad.

Não importa o quanto tentamos, é impossível escapar da linha de comando. Ela está à espreita atrás das belas interfaces de nossos sistemas operacionais modernos, esperando o momento certo para atacar. Mas se você não pode vencê-la, o melhor é juntar-se à ela. É por isso que o Prompt, da Panic, é meu novo app favorito no iOS.

Pode ser que você não precise do Prompt, já que ele pode ser considerado um app “de nicho”. Mas se você precisa se conectar com frequência a um servidor remoto via Telnet ou SSH e gostaria de fazer isso a partir de seu iPhone ou iPad, o Prompt é a melhor escolha. Eu o uso para tudo, incluindo me conectar a um servidor web para consertar um problema em meu site pessoal ou me conectar a meu computador doméstico para encontrar um arquivo mesmo quando estou a milhares de quilômetros de distância.

O Prompt é recheado de recursos. Ele permite armazenar conexões que você usa frequentemente, incluindo parâmetros informações de login, comandos iniciais, o tipo de terminal e mais. E além do SSH também suporta Telnet, um protocolo inseguro mas ainda usado. É possível manter múltiplas conexões simultâneamente, e alternar entre elas usando o ícone do globo na barra de ferramentas do app.

Prompt_iPhone-400px
Barra de Ferramentas (acima do teclado) permite
acesso rápido a comandos de uso frequente

Essa barra é um dos melhores recursos do Prompt. Além de permitir o acesso rápido a comandos e teclas usados com frequência na linha de comando, como Escape, Control e Tab, ela também tem quatro espaços que podem ser personalizados ao seu gosto, basta segurar o dedo sobre um deles e escolher os caracteres no teclado padrão. O botão com as quatro setas permite acesso às teclas do cursor, e um segundo toque nele dá acesso às teclas Function, Page Up e Page Down.

E clicando no botão Settings na tela inicial é possível personalizar ainda mais coisas, como escolher um esquema de cor (texto branco sobre fundo preto, ou vice-versa), três tamanhos de fonte, habilitar o “bipe” visual (além do bipe padrão em áudio) e definir uma senha que será necessária para acesso ao app. 

Prompt_Passcode-400px
Você pode fazer com que o Prompt peça uma senha sempre que for aberto

E se isso não é segurança o bastante, o Prompt suporta pares de chaves SSH para conexões remotas, e as chaves podem ser importadas através do iTunes ou copiadas da área de transferência (Clipboard) do próprio aparelho.

Mas no geral o Prompt “sai do caminho” para que você faça o mais importante: trabalhar com a linha de comando. Seu design é simples, embora esteja precisando de uma “mão de tinta” para se adequar ao estilo visual do iOS 7. Um dos poucos recursos ausentes no app é a capacidade de sincronizar conexões (e suas senhas e chaves) entre um iPhone e um iPad. 

Por US$ 7,99 na App Store, o Prompt é provavelmente um dos clientes SSH para o iOS mais caros. Mas pelo preço você leva um app confiável, com uma interface simples e atraente e excelente usabilidade. Em todos os anos desde que comecei a usá-lo, nunca me arrependi da compra uma vez sequer. E se você precisa de conexões SSH com frequência, também não irá se arrepender.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil