iOS 6: "na surdina", Apple volta a rastrear dados de usuários

Da Redação
15/10/2012 - 18h57 - Atualizada em 15/10/2012 - 19h00
Com IFA, companhia consegue rastrear donos de iPhone e iPad para permitir publicidade direcionada. Opção vem habilitada por padrão e desativação fica "escondida".

Notícias Relacionadas

Apesar de ter feito festa para algumas novidades do iOS 6, a Apple deixou de lado uma nova tecnologia de rastreamento do iPhone e iPad chamada IFA (ou IDFA). As informações são do Business Insider, que lembra que a companhia de Cupertino não cita a novidade na página oficial do novo iOS.

O IFA chega como uma alternativa para a companhia rastrear os dados dos usuários de iPhone e iPad e permitir que os anunciantes direcionem sua publicidade. Isso porque, após reclamações, a empresa desabilitou recentemente a opção para os anunciantes utilizarem o UDID (Identificador Único de Dispositivo) do iPhone para fazer o mesmo.

Segundo executivos de publicidade ouvidos pelo BI, o rastreamento está mais efetivo do que nunca no iOS 6, lançado no mês passado.

A sigla IFA significa “identificador para anunciantes” (“identifier for advertisers”) e é um número anônimo e aleatório que é ligado a um usuário e seu aparelho. A “vantagem” é que o IFA é temporário e pode ser bloqueado – como um cookie.

ios6apps01.png

Como funciona

Sempre que um usuário busca por um app ou navega pela Internet, a presençaa dele geral uma chamada para um anúncio. O publicador do site/app sendo buscado então informa o número IFA ao servidor de publicidade, que consegue assim saber que um usuário iOS está atrás de determinado assunto para tornar seu anúncio mais relevante.

Como aponta o BI, o IFA pode ser especialmente útil para os anunciantes se um servidor de publicidade perceber que um número específico de usuário está realizando buscas em vários sites de carros. Assim, é possível chegar a conclusão que essa pessoa quer comprar um novo carro e então ela pode começar a ver diversos anúncios direcionados sobre o assunto em seu iPhone.

Além disso, uma importante novidade do IFA é que ele permite aos anunciantes rastrearem os usuários por todo o “caminho”, tornando assim possível saber se a publicidade realmente impulsionou o download de um aplicativo.

Vale notar que o IFA não identifica o usuário pessoalmente. Em vez disso, fornece vários dados agregados de audiência que podem então ser usados pelos anunciantes para direcionar a publicidade.

Desativação escondida

Apesar de ser possível desabilitar o IFA, essa opção fica “escondida” no iOS. Em vez de estar presente na seção Privacidade, em Ajustes, como seria esperado, a opção foi parar em Geral, também em Ajustes.

Para desabilitar a novidade, é preciso ir em Ajustes -> Geral -> Sobre -> Publicidade. Nessa última opção, é possível marcar a opção Limitar Publicidade Rastreada.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil