Teste: novo Mac Mini supera modelos anteriores com folga

Macworld / EUA
01 de novembro de 2012 às 07h00
Com preços a partir de R$2.500, Mac portátil fica mais caro e mostra-se muito mais rápida que versões lançadas em 2011 e 2010.

Notícias Relacionadas

Na semana passada, a Apple atualizou o Mac Mini com processadores mais rápidos, portas USB 3.0 mais ágeis e novas placas gráficas. Conseguimos colocar as mãos nos novos “mini sistemas” e nossos resultados do Speedmark 8 mostram que as novas máquinas são entre 31% e 37% mais rápidas do que os modelos do ano passado. 

Os novos aparelhos foram mais rápidos em todos os testes, mas os testes intensivos de processadores foram apenas um pouco mais altos nos produtos recém-lançados. Interessante notar que os testes de disco rígido foram muito melhores nos Mac Minis 2012, apesar de eles usarem os mesmos HDs de 5400-rpm.

O novo Mac Mini (2.500 reais) possui o mesmo rígido de 500GB e 5400-rpm e 4GB de RAM do modelo de entrada de 2011. Mas ganhou um impulso de velocidade em relação ao seu chip anterior Core i5 dual-core de 2.3GHz para um novo Core i5 dual-core de 2.5GHz. Além disso, o novo Mac Mini de entrada usa placa gráfica integrada, mas um modelo atualizado: Intel HD Graphics 4000 no lugar de um HD Graphics 3000.

Já o novo Mac Mini mais completo, que custa 3.400 reais, possui um processador Core i7 quad-core de 2.3GHz; o seu antecessor usava o mesmo chip Core i5 dual-core usado novo no modelo de entrada descrito acima. Essa nova versão do Mini mais completa troca a placa gráfica discreta da AMD do ano passado por uma Intel HD Graphics 4000 integrada. E como o modelo topo de linha do ano passado, a versão 2012 vem com 4GB de RAM e um HD de 1TB e 5400-rpm.

macmini201201.png

Em nossos testes, descobrimos que o Mac Mini de entrada é 31% mais rápido do que seu antecessor. A nova placa Intel HD Graphics 4000 ajudou o modelo mais simples deste ano supera a versão anterior em 60^no teste do Cinebench Open GL e em 27% no Portal 2.

Também demos uma olhada na diferença de desempenho entre o novo modelo de entrada, de 2.500 reais, e um modelo igual de 2010 com um processador Core 2 Duo de 2.4GHz. O Mac Mini de 2012 foi 68% mais rápido e forma geral e terminou o teste de CPU com o Cinebench em metade do tempo do computador lançado há dois anos. O sistema mais antigo levou quase três vezes o tempo do novo para completar nosso script de ação no Photoshop.

  Pontuação dos Testes com Speedmark 8
Mac mini/2.3GHz Core i7 (final 2012) 164
Mac mini/2.5GHz Core i5 (final 2012) 131
Mac mini/2.5GHz Core i5 (meio 2011) 120
Mac mini/2.3GHz Core i5 (meio 2011) 100
Mac mini/2.4GHz Core 2 Duo (meio 2010) 78

Todos os resultados são pontuações. Quanto maior, melhor o resultado.

Como esperado, os testes intensivos de processador que podem usar todos os quatro núcleos (e oito núcleos virtuais, graças a tecnologia Hyper Threading do Core i7) mostraram que o novo Mac Mini mais completo é muito mais rápido do que seu antecessor, lançado em 2011 com um chip Core i5 dual-core de 2.5GHz.

O teste do MathematicaMark foi 78% mais rápido no novo sistema, os testes de CPU do Cinbench levaram 53% tempo a menos para serem completados, e o HandBrake conseguiu ser 24% mais ágil do que o modelo antigo. Por outro lado, o modelo mais completo do ano passado, com sua placa de gráficos discretos AMD Radeon HD 6630M, foi mais rápida nos testes intensivos de GPU, como Portal 2 (9% mais frames por segundo) e Cinebench Open GL (24% mais frames por segundo).

macmini201202.jpg

Se você está pensando em comprar o modelo de entrada ou o mais completo, nossos resultados do Speedmark 8 mostram que o Mac Mini mais completo (3.400 reais) foi 25% mais rápido de modo geral, com os maiores ganhos nos testes MathematicaMark e Cinebench CPU, que foram 78% e 53% mais rápidos, respectivamente, do que a nova versão de entrada, (2.500 reais).

Os compradores do modelo mais completo do novo Mac Mini também possuem a opção de fazer o upgrade para o novo Fusion Drive híbrido da Apple, que “casa” 128GB de armazenamento em flash com um HD padrão de 1TB para uma combinação ágil de velocidade, alta capacidade, e custo relativamente baixo por gigabyte. Com custo adicional de 875 reais, o Fusion Drive só está disponível como uma opção de customização (buil-to-order) e estamos aguardando ansiosamente a chegada da nossa máquina equipada com a novidade.

Fique ligado para mais resultados e o review completo dos novos Mac Minis.

Vale notar que os novos Mac Minis ficaram mais caros que os modelos do ano passado. Enquanto o modelo de entrada agora sai por 2.500 reais, a versão anterior tinha preços a partir de 1.800 reais, uma boa diferença.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil