Apple aumenta preços no Brasil e vende Apple TV (antiga) por R$600

Da Redação
15 de outubro de 2015 às 17h37
Empresa de Cupertino aumentou consideravelmente os valores dos seus produtos no país. Modelo de entrada do MacBook Pro agora passa dos R$10 mil.

Após lançar os novos modelos de iMacs nesta semana, a Apple resolveu aumentar os preços de vários produtos em catálogo da sua loja online no Brasil. E dessa vez a subida nos preços foi mais pesada do que o comum mesmo para o “padrão Apple”. Em alguns casos, os valores subiram mais de 60% (!).

A lista de produtos que ficaram mais caros inclui a Apple TV de terceira geração (modelo antigo; a nova ainda não tem previsão de chegar por aqui), que saltou de 400 reais para incríveis 600 reais.

Com aumentos na casa dos 30%, os Mac Pros viram seus preços pouco amigáveis ficarem ainda mais pesados (mesmo para um computador para uso profissional). O modelo de entrada saltou de 22 mil reais para 30.500 reais, enquanto que o top de linha subiu de 28 mil reais para 37 mil reais.

Nem o Mac Mini passou ileso pela disparada de preços. O computador de entrada da Apple viu preço inicial subir de 3.600 reais para 4.800 reais, enquanto que o modelo intermediário foi de 4.900 reais para 6.800 reais. O top de linha aumentou de 6.900 reais para 8.800 reais.

E se tudo isso subiu, não era de se esperar que os MacBooks escapassem dessa. Os notebooks da Apple tiveram um acréscimo daqueles nos seus preços no Brasil.

O ultrafino MacBook Air viu seu modelo de entrada de 11” ir de 5.900 reais para 8.500 reais, enquanto que o top de linha com tela de 13” passou de 7.700 reais para 11.500 reais, superando a barreira dos 10 mil reais. Uma marca nada positiva.

O MacBook Pro, que antes tinha preços a partir de 6.400 reais com a versão de entrada de 13”, agora não sai por menos de 10.500 reais. O notebook mais completo da Apple pode chegar a custar incríveis 23.500 reais, novo preço do modelo top de linha com tela de 15”.

Por fim, o MacBook com tela de 12” viu seu valor de entrada disparar de 8.500 reais para 12.500 reais, enquanto que a versão top de linha foi de 10.500 para 15.500, aumento de 5 mil reais (!).

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil