Google Chrome ganha função 'ler mais tarde' em aparelhos iOS

IDG News Service
16 de março de 2017 às 10h18
Recurso é semelhante a lista de leitura do Safari. Usuários poderão salvar artigos para lê-los em formato mais enxuto quando estiverem offline

O Google acaba de acrescentar a funcionalidade "ler mais tarde" para a última versão do Chrome. Por enquanto, a novidade parece ser exclusiva para aparelhos iOS e é semelhante ao recurso de lista de leitura do Safari, este lançado pela primeira vez com o Mac OS X 10.7 Lion em 2011.

Assim como no Safari, para usar a habilidade no Chrome, você deve acessar o botão de compartilhamento no Google Chrome e escolher no menu a opção para salvar suas leituras. Para ter acesso à sua lista de leitura, toque no botão menu no canto superior direito (os três pontos verticais) e seleccione Ler Lista.

Uma janela pop-up aparecerá com todos os seus artigos. Quando estiver offline, o Chrome exibirá a página em um formato mais compatível com o texto, mas o navegador exibirá a página inteira quando conectado ao Wi-Fi.

O impacto em você 

Embora o Google seja grande na nuvem, o recurso de lista de leitura no Google Chrome para iOS não é sincronizado com a nuvem. 

Os artigos guardados permanecem no seu dispositivo local. Também não está disponível em outros dispositivos com o Chrome, incluindo Macs. Parece que a única motivação do Google para esta nova funcionalidade é oferecer um recurso que o Safari para iOS tinha, mas o Chrome não.

Pode ser apenas iOS agora, mas um serviço para leitura posterior sincronizado em nuvem, integrado no Chrome, seria útil para usuários de todas as plataformas. Seria também uma outra alternativa para sistemas de terceiros como o Pocket, recentemente adquirido pela Mozilla, e o Instapaper, agora de propriedade do Pinterest.

 

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil