iPhone 8 chega ao Brasil em 3 de novembro por a partir de R$4 mil

Da Redação
27/10/2017 - 10h43 - Atualizada em 27/10/2017 - 10h47
Sem grandes surpresas, o sucessor do iPhone 7 conta com tela True Tone, novo processador A11 Bionic e sensor maior de 12MP com estabilização óptica de imagem.

Apresentado no mês passado pela Apple durante evento especial em seu novo campus, o iPhone 8 já tem data para chegar ao Brasil: 3 de novembro, mesmo dia em que o iPhone X será lançado nos EUA.

Sem grandes surpresas, o sucessor do iPhone 7 conta com tela True Tone, novo processador A11 Bionic e sensor maior de 12MP com estabilização óptica de imagem. O aparelho começou a ser vendido ainda em setembro no mercado norte-americano.

Com um visual parecido com o seu antecessor e poucas novidades, o iPhone 8 acabou sendo ofuscado pelo iPhone X, que foi apresentado no mesmo evento da Apple em setembro e traz tela (quase) sem bordas e um design diferente, sem o icônico botão Home - esse modelo ainda não tem previsão de quando será lançado no mercado brasileiro. 

iphone8_62502.jpg

Os novos iPhones 8 e 8 Plus custarão até R$5.400 no Brasil (imagem: divulgação/Apple)

O iPhone 8 terá preços a partir de 4 mil reais no Brasil, de acordo com as informações publicadas no site da Americanas.com – a loja on-line da Apple no país ainda não está realizando a pré-venda do aparelho.

Esse valor é para o modelo de entrada do iPhone 8, com tela de 4,7 polegadas e 64GB de armazenamento. O preço do smartphone pode chegar aos 5.400 reais, caso do iPhone 8 Plus, com tela maior 5,5 polegadas, e 256GB de armazenamento interno.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil