Nova Apple TV 4K chega ao Brasil com preços a partir de R$1.300

Da Redação
30/10/2017 - 16h20 - Atualizada em 30/10/2017 - 16h21
Mais novo modelo da set-top box da gigante também conta com suporte para HDR10 e Dolby Vision, além de trazer o chip A10X Fusion e 3GB de RAM.

Lançada em setembro durante evento nos EUA, a nova Apple TV com suporte para vídeos em resolução 4K (Ultra HD) será vendida no Brasil com preços a partir de 1.300 reais.

Seguindo os passos de rivais como Google e Amazon, a Apple TV 4K também conta com suporte para HDR10 e Dolby Vision, o que permite uma maior variedade de cores no seu televisor – desde que o aparelho também tenha HDR, é claro.

A mais recente geração da Apple TV traz ainda um processador A10X Fusion, o mesmo usado no iPad Pro, além de 3GB de RAM. Com isso, o aparelho consegue alcançar um desempenho até duas vezes mais rápido do que o seu antecessor, segundo a fabricante, o que deve ser uma ótima notícia para os gamers de plantão

A Apple está adicionando conteúdos em 4K à iTunes Store desde o mês passado, além de ter fechado acordos com Netflix e Amazon para ampliar seu catálogo em Ultra HD na Apple TV. E vale notar que os usuários que já tenham comprado conteúdos em HD na iTunes Store poderão fazer o upgrade para 4K sem custo extra. 

Com preços entre 180 e 200 dólares nos EUA, a Apple TV 4K desembarca no mercado brasileiro custando 1.300 reais (versão de 32GB) e 1.400 reais (versão de 64GB). Apesar de já estar à venda na loja on-line da Apple Brasil, o novo gadget tem prazo de envio que varia entre 6 e 7 semanas.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil