Apple Brasil derruba preço para troca de bateria dos iPhones usados

Da Redação
03 de janeiro de 2018 às 12h41
Os brasileiros vão pagar agora R$ 149 reais para trocar as baterias dos iPhones 6, 6 Plus, 6s, 6s Plus ou SE mesmo fora da garantia.

Seu iPhone 6, 6 Plus, 6s, 6s Plus ou SE estão com performance reduzida ou bateria que acaba muito rápido? Boa notícia: leve seu aparelho a uma autorizada Apple e troque a bateria por uma novinha por apenas R$ 149 reais, mesmo que seu iPhone já tenha perdido há muito tempo a garantia. A troca está 300 reais mais barata no Brasil desde o dia 28 de dezembro. Nos EUA, o preço caiu de US$ 79 para US$ 29 para os mesmos aparelhos.

A decisão da Apple lhe rende alguns pontos positivos, especialmente porque endereça um problema que não afeta apenas seus iPhones mas todos os smartphones do mercado: a vida útil das baterias x o tempo que o consumidor ainda quer manter um aparelho mais antigo. 

Depois de ter sido acusada, por milhares de consumidores irritados, de degradar propositalmente a performance dos iPhones da geração 6 em diante para forçar a troca por um aparelho novo, a Apple lançou um comunicado público no último dia 28/12 pedindo desculpas pelos problemas e explicando de fato havia uma redução da performance dos iPhones, mas não pelos motivos imaginados pelos consumidores. 

"Nunca fizemos — e nunca faríamos — nada para encurtar intencionalmente a vida útil de qualquer produto Apple, nem para prejudicar a experiência e forçar o usuário a trocar de aparelho", explicou a empresa no comunicado. O problema, explicou a Apple, está das baterias dos aparelhos, que com o tempo degradam a ponto de correr o risco de morte súbita quando o iPhone antigo utilizasse as novas versões do sistema operacional iOS. 

Segundo a Apple, o iOS 10.2.1, lançado há um ano, contém uma atualização de software que melhora o gerenciamento de energia durante picos de cargas de trabalho para evitar desligamentos inesperados no iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus e iPhone SE. A atualização, segundo a empresa, gerencia dinamicamente o desempenho de alguns dos componentes do sistema quando é necessário prevenir que o aparelho desligue. 

O sistema funciona, mas o problema é que vários usuários começaram a notar um tempo maior na abertura de apps e outras reduções no desempenho que tornavam a experiência geral com o aparelho muito ruim e que, segundo a Apple, transcendia os efeitos do iOS. "Agora, acreditamos que outra causa dessas experiências dos usuários é o desgaste químico contínuo das baterias em aparelhos iPhone 6 e iPhone 6s mais antigos, muitos dos quais ainda usam as baterias originais", explica a companhia no comunicado.

O desempenho volta ao normal nos iPhones mais antigos se a bateria quimicamente envelhecida for substituída por uma nova, por isso a Apple decidiu por uma solução radical e matar o problema na raiz: derrubou o preço das baterias para troca dos aparelhos mais antigos a partir do iPhone 6, até o dia 28 de dezembro de 2018. E anunciou que no início de 2018 vai soltar uma atualização do iOS com novos recursos que oferecem aos usuários mais informações sobre o estado da bateria do iPhone. 

Para ler a carta da Apple e saber mais sobre os preços de troca da bateria em lojas autorizada, confira no site https://www.apple.com/br/iphone-battery-and-performance/

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil