Primeiras impressões: pode o Microsoft OneNote para Mac substituir o Evernote?

Jeffery Batterby, MacWorld EUA
18 de março de 2014 às 07h00
App gratuito da Microsoft traz alguns recursos interessantes para criar, organizar e compartilhar anotações, mas edição e visualização ainda precisam melhorar em alguns pontos.

A Microsoft lançou nesta semana uma versão para Mac do OneNote - seu app para captura, armazenamento e organização de todos os tipos de informação. A empresa posiciona o aplicativo como um concorrente do popular Evernote, e como tal ele traz alguns recursos atraentes.

Uma coisa que torna o OneNote para Mac digno de nota é que ele é gratuito, e também inclui 7 GB de espaço para armazenamento de dados nos servidores da Microsoft. E se você tem uma licença do Office 365, ganha mais espaço para armazenamento e acesso a alguns recursos “premium”, não disponíveis na versão gratuita.

Posicionamento flexível

O OneNote é baseado na metáfora de um bloco de notas (notebook). Seus dados são organizados neles, e você pode criar quantos quiser. Cada bloco contém seções, que aparecem como abas no topo da tela principal de cada bloco. E cada seção contém páginas, onde você irá colocar seus dados.

Então, por exemplo, se você está planejando uma viagem de férias pelo país pode criar um bloco chamado Férias, e dentro dele uma seção separada para cada estado ou cidade pela qual pretende passar. E cada seção irá conter páginas com os detalhes de tudo o que você deseja ver ou fazer naquela parada.

Uma coisa que torna o OneNote interessante em comparação ao Evernote é a flexibilidade que ele lhe dá ao adicionar informações a uma página. As páginas no OneNote são “abertas”, ou seja, você pode adicionar texto, imagens, links para sites, tabelas e outros tipos de informação onde quiser, sem a restrição espacial típica de um processador de textos. Quer adicionar uma anotação? Clique em um ponto da página e é lá que o texto irá aparecer. Depois esse texto pode ser arrastado para qualquer outro lugar na página, e o mesmo vale para imagens e tabelas.

OneNoteMac_Geral-580px

De acordo com a Microsoft não há limite para o comprimento ou largura de cada página, então em teoria você pode criar documentos imensos que se espalham em todas as direções. E aí surge a pergunta: “como imprimo meu documento?”. A resposta é: você não imprime. O app não tem uma opção para impressão, embora seja possível exportar uma página como um arquivo PDF e imprimí-la usando um outro app, como o Preview.

Qualquer texto adicionado à página pode ser formatado da mesma forma que no Word. Não há muitas opções de formatação, mas são o bastante para destacar o texto na página. O mesmo vale para tabelas, embora eu ache que este recurso está um tanto subdesenvolvido: é possível formatar células individuais dentro das tabelas, mas não é possível realizar nem mesmo cálculos básicos. Além disso, colar dados de uma planilha do Excel não inseriu tais dados nas células apropriadas de uma tabela do OneNote. Em vez disso os dados foram simplesmente colados na primeira das células selecionadas.

OneNoteMac_Ribbon-580px
A interface do OneNote para Mac lembra muito a "ribbon" do Office para Windows

Conectando notas

Uma coisa da qual eu realmente gosto no OneNote é o quão fácil é ligar blocos de notas e páginas. Clique com o botão direito do mouse em um parágrafo em seu documento, por exemplo, e um menu aparece oferecendo a opção “Copiar link para o parágrafo”. Cole este link em um outro documento para criar um hyperlink para o documento original. Isto pode ser usado não só para interligar itens em seu bloco de notas atual, mas também em outros blocos que você tenha criado. É uma ferramenta potencialmente poderosa para indexar e interligar tudo o que você está fazendo no OneNote.

Em minha breve experiência, o OneNote não teve tanto sucesso ao sincronizar todas com outras plataformas. Por exemplo, a capacidade de trabalhar “à mão livre” no app para Mac causou alguns problemas curiosos em outras plataformas. O app para o iOS, por exemplo, não teve problemas em mostrar conteúdo que adicionei a uma página usando o Mac. Mas não encontrei uma forma de mover esse conteúdo.

OneNoteMac_Tags-300px
É possível adiconar rótulos (tags) a qualquer item em seu documento

Já o app na web foi uma bagunça. Notas abertas no OneNote Web não tinham qualquer semelhança com o mostrado no Mac OS ou iOS. Texto que estava perto de uma imagem no app para Mac estava sobreposto à imagem na versão Web. Pelo menos eu consegui mover o conteúdo. mas o que parecia bem organizado na web ficava horrendo no Mac.

Ha mais alguns detalhes dignos de nota. Não há uma forma óbvia de inserir documentos de outros aplicativos em seu bloco de notas do OneNote, embora o site do app sugira que isso deveria ser possível. E copiar um gráfico do Excel e colá-lo no OneNote resultou em nada, mesmo que os screenshots no site fo app indiquem que isso deveria ser possível. 

Por fim, o OneNote não suporta o “arrastar e soltar” de conteúdo de outros apps ou do próprio Finder, então você não pode arrastar texto de um documento para outro, ou um arquivo do Finder para inserí-lo em uma nota.

Nossa opinião

Uma análise completa do OneNote irá revelar mais sobre seus pontos fortes e fracos, incluindo ferramentas e colaboração, web clipper e os frutos de parcerias com empresas e serviços como Brother, Epson, DoxieGo, LiveScribe, Feedly e IFTTT), mas no geral estão impressionado com o app. Seu preço, recursos de colaboração e particularmente a capacidade de fazer anotações “à mão livre” o tornam uma opção atraente para quem precisa capturar idéias da forma mais rápida possível. Mas se ele é uma boa alternativa ao Evernote, só o tempo dirá.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil