Conheça Surgeon Simulator, um jogo divertido e sangrento para o iPad

David Price, Macworld EUA
01 de maio de 2014 às 07h00
Ajude um cirurgião pra lá de desastrado a fazer transplantes de coração, rins, olhos e dentes. E não se esqueça de deixar o pobre paciente vivo no final!

Um fator chave ao avaliar jogos de PC ou console trazidos para o iPhone ou iPad é o quão bem os controles foram adaptados do teclado, mouse ou gamepad para a tela sensível ao toque. Mas em “Surgeon Simulator” (“Simulador de Cirurgião”, US$ 5,99 na App Store) este quesito não se aplica, porque os controles são propositalmente terríveis.

O jogo se tornou um sucesso “cult” após ter sido criado em alguns dias para a Global Game Jam (evento que desafia programadores a criar jogos em um curto período de tempo) e rapidamente “polido” para um lançamento comercial. Tudo é basicamente uma grande piada, mas uma das boas: um simulador médico que coloca um paciente entre a vida e a morte, baseado em comédia pastelão e gráficos no estilo “cartoon”.

Você é Nigel, um cirurgião catastroficamente desastrado, conduzindo aos trancos e barrancos operações complexas em um paciente/vítima chamado Bob. A inaptidão do personagem é imposta pelos controles, que são tão imprecisos que você irá passar metade do jogo derrubando instrumentos no chão e perdendo coisas dentro do corpo do paciente. 

Aliás, precisamos falar um pouco sobre os controles: no PC (ou Mac) ambas as mãos do cirurgião são mostradas na tela, e um conjunto bastante complexo de ações pode ser realizado usando o mouse e o teclado. É possível rotacionar uma mão, controlar dedos individualmente, agarrar um objeto ou mover a mão para cima e para baixo, tudo isso através de comandos específicos (e com resultados totalmente descoordenados). O simples ato de agarrar um objeto por si só era um desafio.

A versão para iPad é mais simples e mais intuitiva. Você não vê as mãos de Nigel na tela, mas basta tocar em um objeto para agarrá-lo e deslizar os dedos para movê-lo na direção desejada. Você pode tocar um outro dedo para definir um “alvo”, e fazer gestos como se estivesse apunhalando ou serrando para atacar, ou melhor, operar, o local. Reduzir a falta de jeito do personagem foi uma decisão difícil, claro. O humor é algo notoriamente delicado, e seria uma vergonha perturbar o equilíbrio. Felizmente, a dose foi certeira.

O jogo é bastante desafiador, especialmente quando comparado aos jogos cheios de tutoriais em plataformas móveis. Suas primeiras tentativas de realizar o transplante de coração no início da campanha irão terminar em desastres e pânico, já que você não recebe praticamente nenhuma dica. Isso é quase que certamente proposital, já que fracassar no Surgeon Simulator também é divertido, e você não vai querer perder os resultados de suas tentativas desastradas de abrir uma caixa torácica usando um martelo (em vez da ferramenta correta) antes de aprender o jeito certo.

SurgeonSim_iZac-580px
O "iZac" tem o passo-a-passo de cada operação

Gradualmente você irá aprender os rudimentos da profissão através de dicas nas breves telas de loading ou consultando o iZac, o PDA (uma paródia do Newton, da Apple) na mesa de Nigel, que explica os passos envolvidos em cada operação.

Os quatro níveis do jogo parecem ser pouco, mas duram tempo o bastante. Eles se repetem uma segunda vez em um ambiente mais desafiador, o corredor do hospital, por onde a bandeja com suas ferramentas passa apenas ocasionalmente. Surgeon Simulator tem transplantes de coração e rim, além de profundamente desagradáveis cirurgias dentais e oculares.

A repetibilidade é boa, mesmo depois que você dominar os oito desafios. Você provavelmente irá querer experimentar com as várias ferramentas e objetos encontrados nas mesas de operação, e não se esqueça do simples prazer de se exibir: é divertido horrorizar e entreter os colegas e amigos com uma demonstração rápida, mas também há um modo multiplayer (onde os jogadores competem para ver quem termina a cirurgia primeiro) e o modo Recorder, onde você pode gravar uma partida em vídeo e publicá-la no YouTube, o que ajudou o jogo a atingir sua fama inicial.

Surgeon Simulator é uma boa piada que não fica velha, e por si só um jogo bastante divertido. Controles terríveis, gráficos simples, poucas fases e muito mau gosto. Em outras palavras, é brilhante.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Mais reviews

iPhone 5

iPhone 5

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 6.0

Melhora o que já era bom, com tela maior, chip mais rápido e design menor.

Mudança para o Lightning é desagradável no início; novo chip nano SIM também obriga nova compra ou adaptação; falta de suporte 4G no Brasil (por enquanto)

iPad Mini

iPad Mini

  • Nota da Macworld
  • Nota do Leitor
  • 3.9

Maior parte da experiência do iPad em pacote mais leve e fino; suporte nativo para todos os apps do iPad; ótimo desempenho, construção e design

Não possui tela Retina; alguns sites e apps parecem "apertados" na tela menor; teclado em modo paisagem é muito pequeno para uma digitação fácil